Como Implementar em Minha Empresa Uma Ferramenta de Automação de Processos

Uma ferramenta de automação de processos ajuda você e sua empresa a terem mais agilidade em seus fluxos, com mais rastreabilidade, visibilidade e controle das atividades. Ela também reduz o tempo físico do deslocamento de um processo, dependendo de como ele tramita pela organização.

Para que tudo isso possa ser aproveitado, entretanto, é importante realizar a implementação da maneira correta, em conformidade com às necessidades e à situação atual de sua empresa. Confira os detalhes neste artigo!

Como implementar uma ferramenta de automação de processos?

Fazer a implementação de uma ferramenta de automação de processos não é uma tarefa difícil, mas deve seguir alguns passos. Entenda como a Plataforma Lecom pode ser implementada em sua organização:

Mapeamento dos processos

Uma ferramenta de automação de processos eficiente tem como uma de suas principais características a adaptação às necessidades de sua empresa.

Por isso, uma das etapas iniciais é a modelagem dos processos de acordo com os fluxos de atividades da organização. Ter uma boa visibilidade e conhecer como os processos funcionam em sua empresa pode trazer a tona como se conectam e quais os principais atores envolvidos nas atividades.

Por meio de um diagrama de processos é possível compreender os sistemas que o regem e obter uma visão geral de como acontecem cada uma das etapas do processo.

“A Lecom trabalha com o cliente fazendo uma imersão de entendimento das atividades e conversando com os usuários-chave para entender quais são essas atividades e, então, desenhar o processo em parceria com ele.
Caso não haja conhecimento dos processos internos, um consultor ajudará o cliente a mapeá-los para que seja feita a implementação.”
Talita Carolina – Gerente de Projetos na Lecom

Automatização na plataforma e integração de sistemas

Após entender os processos e as necessidades de sua empresa, há a integração, de fato, dos formulários à plataforma, para que ela atenda às particularidades de seu serviço ou produto. Isso envolve as lacunas a serem preenchidas e as opções que devem estar disponíveis para cada dado inserido.

Pense assim: uma empresa de logística pode precisar de uma área no sistema para entrada e saída de produtos, enquanto uma administradora de shoppings, que foca no aluguel dos espaços, não necessariamente. Nesse sentido, a ferramenta de automação deve ser personalizada.

Haverá um estudo das informações que devem tramitar e da relação delas com outros sistemas — a integração é um dos pontos que mais traz agilidade e evita retrabalhos, pois não é necessário lançar as informações novamente para alimentar outros sistemas.

Em suma, a ferramenta deve receber algo do processo ou entregar algo a ele em termos de insumo e/ou resultados do trabalho dos atores.

Implementação deve ser simples

Tanto a implementação quanto o trabalho com a plataforma após a sua integração aos processos da empresa devem oferecer tranquilidade aos usuários. Além disso, é importante evitar que isso afete a eficiência operacional da empresa. A Lecom se preocupa com isso!

“Oferecemos mais facilidade na hora de automatizar. Nossa plataforma é simples de utilizar, não requer conhecimento técnico para automatizar o processo, sendo necessário conhecimentos específicos de programação apenas nas integrações entre sistemas.”

Quer saber mais sobre os ganhos e as funcionalidades que a Plataforma Lecom pode oferecer? Confira nosso site e veja outras informações nos artigos do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.