RPA — Robot Process Automation e Sua Contribuição Para Eficiência Operacional da Empresa

Em um cenário corporativo cada vez mais competitivo, as empresas precisam se adaptar e buscar soluções que, apesar de alterar o seu modo de operar, poderão mantê-las em altos níveis no mercado, acelerando seu crescimento. Uma delas é o RPA — Robot Process Automation.

Essa ferramenta vai além dos padrões básicos de operação empresarial, amplia o índice de produtividade, e reduz gastos operacionais. Confira este artigo e entenda mais sobre ela!

RPA — Robot Process Automation e a operação empresarial

De forma simplificada, o RPA — Robot Process Automation é uma ferramenta programada para, seguindo um fluxo de trabalho, executar processos organizacionais baseados em regras de maneira automática, com o uso de robôs.

Por meio dela, é possível adquirir e trabalhar dados sem trabalho humano, evitando esforços em tarefas repetitivas e permitindo, assim, que os colaboradores dediquem seu tempo de serviço às atividades que realmente exigem uma capacidade cognitiva humana.

Veja abaixo como o RPA — Robot Process Automation pode auxiliar na eficiência operacional de sua empresa:

Redução do retrabalho

Qualquer esforço repetitivo humano, quando realizado em excesso, pode causar uma perda de eficiência e, consequentemente, algumas falhas no processo produtivo. Esses erros, então, geram a necessidade de um ou mais procedimentos que envolvem retrabalhos, o que prejudica a eficiência operacional.

Como o RPA trabalha com base em regras previamente “ensinadas”, seguindo-as à risca, a chance de erros é quase nula (a não ser que haja mudanças de instruções). esse processo é bem menos propenso a retrabalhos, e mitiga erros operacionais.

Facilidade na implementação e integração com sistemas

Uma ferramenta de RPA – Robot Process Automation não precisa de ações complexas e/ou muito específicas para ser implementada. Rapidamente é possível fazer as instalações necessárias e inseri-la ao framework da empresa, sem grandes preocupações com programação, códigos ou linguagens.

Além disso, ela ainda facilita mais o trabalho ao ser integrada com facilidade aos diferentes sistemas utilizados por sua empresa, como um BPMS, plataforma de automação de processos que pode transferir as tarefas para o RPA. Sendo assim, ele irá interagir com diversas interfaces, o que permite que ele, inclusive, transite entre as tarefas determinadas por todos eles e se torne muito mais eficiente.

Entendeu como o RPA — Robot Process Automation pode fazer a diferença em sua operação? Confira mais dicas no blog da Lecom e trabalhe com muito mais eficiência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.