O Que São Frameworks?

Entender o que são frameworks é essencial para todos os desenvolvedores de TI, mas também é importante para gestores.

Basicamente, esse conceito representa um conjunto de regras, princípios e técnicas que podem ser aplicadas de várias formas. Diferentemente das metodologias, os frameworks são adaptáveis de acordo com as necessidades.

O que são frameworks e por que são importantes

A utilização de frameworks garante o aumento da produtividade e da eficiência, pois menos horas são gastas para desenvolver um programa. Além disso, como há uma comunidade trabalhando por trás, o nível de segurança tende a ser maior.

Os frameworks também possuem uma documentação própria em que se explica o seu funcionamento. Ou seja, só é possível utilizar o conjunto de códigos ao seguir o padrão de codificação.

A grande vantagem do framework, porém, está na sua capacidade de ser usado em várias aplicações. Apesar dos frameworks seguirem um padrão, é possível personalizar alguns componentes de acordo com o projeto.

Principais frameworks ágeis

Há no mercado vários frameworks ágeis, vale a pena conhecer esses recursos para escolher o mais adequado.

Scrum

Em geral, o Scrum é utilizado em projetos que têm um objetivo claro e que são de alta complexidade. Esse framework é baseado em etapas ou ciclos de desenvolvimento. Como ele permite monitorar progressos e atrasos, os resultados são melhores. O Scrum pode ser aplicado em segmentos como Tecnologia, RH, Marketing, Saúde, etc.

PDCA

O PDCA é um sigla em inglês que significa: Plan (planejar), Do (Fazer), Check (Conferir) e Act (Agir). Seguindo essa ordem, os profissionais podem trabalhar de maneira contínua, fazendo mudanças quando necessário e implementando-as.

No sistema PDCA, é possível alinhar novas metas, observar e corrigir gaps. O PDCA está, portanto, diretamente relacionado ao controle de qualidade de processos.

Kanban

O Kanban é uma ferramenta que começou a ser usada por causa do Sistema Toyota de Produção. O objetivo desse framework é possibilitar que as tarefas possam ser vistas por toda a equipe.

No Kanban, as atividade são divididas em to do (para fazer), “work in progress (em andamento) e done (feito). A transparência de informações faz com que gargalos sejam facilmente identificáveis e haja maior integração da equipe.

Gostou de entender o que são frameworks? Confira mais conteúdos sobre esse e outros temas de gestão no blog da Lecom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.