Como as Cooperativas Financeiras Estão Aumentando a Sua Produtividade?

Com o aumento de fintechs no mercado financeiro,, as cooperativas financeiras precisam buscar o máximo de eficiência operacional a fim de atender um novo perfil de clientes.

Aumentar a produtividade é essencial, e por isso é importante apostar em soluções e tecnologias que possam tornar todos os processos mais ágeis e assertivos para aumentar a eficiência operacional, e melhorar a experiência do cliente final.

Como aumentar a produtividade das cooperativas financeiras?

Os principais gargalos de produtividade das cooperativas financeiras são relacionados aos processos.

Esse tipo de negócio precisa lidar com muitos fluxos diferentes, e os atrasos ou gaps de eficiência podem afetar diretamente o cliente final, assim como em bancos e nas próprias fintechs. É importante ter velocidade e agilidade!

Para lidar com isso, a melhor solução é investir no gerenciamento e na automação dos processos por meio de tecnologias que permitam entregas mais ágeis, como a Plataforma Lecom — um BPMS, que já trouxe resultados positivos para dois grandes players desse mercado: Sicoob Coopercredi e Credicitrus. Ambas tiveram cases campeões no WfMC, a maior premiação de BPM do mundo.

Como um BPMS pode aumentar a produtividade das cooperativas?

A implementação de um BPMS nas cooperativas financeiras, bem como da metodologia BPM de modo geral, traz muitos ganhos para a eficiência operacional do negócio. Vale a pena destacar:

Redução de tempo

Com a agilidade viabilizada pelo BPMS — por fatores como a modelagem, padronização e automação de processos, e a execução facilitada dos fluxos — o desempenho é melhorado. Isso garante uma redução no tempo destinado a certas tarefas comuns, além de diminuir o esforço necessário para cumpri-las diariamente. Até mesmo as mais simples, como impressão de e-mails, são otimizadas por um fluxo efetivo de processos.

Controle de informações e inputs

As cooperativas financeiras lidam com muitos documentos a todo o tempo. E isso pode ser um grande problema em termos de organização, principalmente para encontrá-los e classificá-los.

Com o BPMS, é possível solucionar este gargalo, pois com um diagrama de processos mais detalhado, além de formulários completos e direcionados para cada área do negócio, é mais simples e rápido encontrar documentos importantes.

Menos tráfego e papéis

A automação dos processos, ao permitir um controle maior dos inputs de maneira digital e integrada, reduz a necessidade de folhas impressas e de tráfego de informações pela empresa. Assim, além da redução do gasto com impressões, é uma forma de melhorar a sustentabilidade da cooperativa — um dos fatores primordiais hoje, que pode ajudar a atrair a nova geração de cooperados.

Gostou de saber mais sobre como o BPMS pode ajudar a aumentar a produtividade das cooperativas financeiras? Veja mais detalhes sobre a Lecom e nossa plataforma e confira outros artigos sobre transformação digital e automação de processos aqui no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.