Sobre a Sicoob Coopercredi

20 anos no mercado
8 mil cooperados
Fundada em 1995, o Sicoob Coopercredi SP é uma Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores Municipais, Servidores Públicos, Empresários e Profissionais Liberais da região metropolitana oeste da Capital de São Paulo. É devidamente registrada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil. Tem como objetivo unir as economias de seus associados, acumulando o capital da cooperativa, que se torna um fundo para ser emprestado entre os próprios participantes desta sociedade, oferecido a juros menores. Ou seja, atua dentro do conceito de economia compartilhada, com muitas trocas e ganhos mútuos. Ao se tornar um associado, o servidor é estimulado a poupar, depositando mensalmente uma quota de capital. Atualmente são mais de 8 mil cooperados, que contam com atendimento personalizado, com serviços com Crédito, Conta corrente, Cartão de Débito e Crédito, Cheque Especial, Previdência Privada, Poupança, Aplicação em RDC, Consórcios, Seguros entre outros. Em 2012, a cooperativa deu um salto de crescimento, onde com uma administração atenta às mudanças, conseguiu destaque no sistema das cooperativas. Após 4 anos, precisamente em 2016, já tinham incorporado outras duas cooperativas, resultando em um crescimento ainda maior.

Método Ágil

automação de processos, BPMS, BPM, transformação digital, ROI Início em 2016

A cooperativa iniciou o mapeamento de processos, com o intuito de entender melhor e detalhadamente sua operação, visando inicialmente, otimizar seu cenário financeiro e a forma de trabalho de seus colaboradores. No início, notaram que cada membro da equipe tinha uma forma distinta de executar a mesma atividade

automação de processos, BPMS, BPM, transformação digital, ROI 16 Processos Automatizados por BPMS

Atualmente, a cooperativa conta com um membro dedicado especialmente a cuidar dos processos, otimizá-los e desenvolver novos modelos de acordo com as demandas das áreas. Dos 40 processos priorizados pela empresa, 16 foram automatizados por meio de um BPMS

automação de processos, BPMS, BPM, transformação digital, ROI Mais eficiência com automação de processos

Solicitação de cartão de crédito, portabilidade de salário e cheque especial, perdiam sua completa rastreabilidade, tanto física quanto digital, pelo sistema ora utilizado. Hoje, com a ampla utilização de um BPMS, tais processos são orquestrados de forma rápida e eficiente entre as áreas, podendo-se atestar ganhos efetivos em tempo. Anteriormente o prazo de análise que é de até 3 dias, podia levar mais tempo pois a solicitação era encaminhada mesmo incompleta, além de atrasos devido a falta de avisos de SLA do processo. Hoje todos os processos são analisados dentro do SLA regulamentar, cerca de 95 solicitações mensais de cartão de crédito e 90 de cheque especial.

automação de processos, BPMS, BPM, transformação digital, ROI Estruturação de um novo canal de vendas

A cultura de BPM foi trazida por um novo gerente que já tinha bastante experiência com esta disciplina no mercado. A sugestão foi muito bem aceita pela diretoria, então, iniciaram a pesquisa por ferramentas que seriam mais adequadas a realidade da cooperativa. Nessa ocasião, cerca de 50 funcionários diretamente ligados à área de Negócios estavam envolvidos nesta busca por um ferramental efetivo e aderente

Quer saber mais detalhes ou tirar dúvidas?

Cenário pré Implantação

automação de processos, BPMS, BPM, transformação digital, ROI
Até 2011 a cooperativa tinha exclusividade na consignação em folha de pagamento das operações de crédito em grande parte das empresas da prefeitura de São Paulo. Com pouco esforço e baixo investimento os resultados eram altos para os associados. Entretanto, nesta época, um decreto da Prefeitura de São Paulo, deu exclusividade de consignação a um banco público, o que impactou diretamente nos resultados da cooperativa, exigindo novas ações.Após realizarem algumas consultorias de negócios, em 2012, a cooperativa deu um salto de crescimento, onde com uma administração atenta às mudanças, conseguiram destaque no sistema e até 2016 já tinham incorporado outras duas cooperativas, resultando em um crescimento ainda maior, permitindo levar a filosofia cooperativista a novos públicos. Com todas as mudanças e crescimento, perceberam que precisavam de uma nova ajuda para estruturar uma nova etapa.
automação de processos, BPMS, BPM, transformação digital, ROI
Ao final do trabalho de mapeamento de processos, os colaboradores tinham padrões a seguir. Entretanto percebemos que em poucos meses, toda a falta de ordem costumeira (cada um faz o trabalho do seu modo) voltou a ocorrer. O trabalho de meses estava sendo perdido.Nosso colaborador de T.I. já tinha conhecimento da ferramenta e sugeriu uma apresentação do BPMS da Lecom aos nossos líderes. Ficava muito claro que todo trabalho teórico teria a oportunidade de tornar-se concreto. Aferramenta era ideal para consolidar os fluxos e padrões em algo real. A ferramenta de BPM, para a cooperativa, foi a continuidade de um trabalho de melhorias de processos que ainda estamos trabalhando.O conceito AGIL nos permite iniciar projetos de forma mais simples, mostrando os resultados de maneira mais rápida. A implantação de processos exige um aprimoramento não só dos processos, mas da percepção das pessoas dos trabalhos que executa e sua responsabilidade em seguir os padrões. É uma cadeia de melhorias que passa desde sistemas, interação com associados e lideranças

Expectativa vs Rotina

Com os processos na ferramenta de BPMS, a cooperativa passou a garantir a qualidade no input de dados. Antes, no excel, era comum acontecerem erros de digitação. Atualmente com informações rastreadas, não é mais possível inserir dados de forma incorreta no sistema, sendo então garantida a confiabilidade dos processos.Outro exemplo importante, é o projeto para controle de gastos. Houve uma necessidade de maior controle das impressões existentes e todo final de mês, um levantamento é feito sobre como as impressões foram consumidas. Em apenas dois meses, a cooperativa conseguiu reduzir cerca de 30 mil impressões para 15 mil, alcançando uma redução de 50%, estimada em R$ .Importante destacar o engajamento da equipe que trabalhou durante 7 meses, discutindo as melhores e mais aderentes alternativas. Como consequência, é bastante positivo para a gestão da Coopercredi ver todas essas sugestões implementadas de maneira colaborativa.Um exemplo adicional de ampla melhoria, foi o processo de solicitação de cartão de crédito, onde o cooperado solicitava um novo cartão, preenchia um formulário em papel e não havia um SLA padrão de atendimento pela falta de organização e rastreabilidade, desde o atendimento até sua finalização. Nesse exemplo também é possível verificar redução em impressões e tempo de execução do processo, após a implantação do BPMS. Importante citar que por ser uma instituição que concede crédito, o Banco Central, autoridade financeira máxima e regulatória no Brasil, exige que algumas documentações sejam mantidas em meio físico. Hoje, tais solicitações são resolvidas em até 2 dias, onde anteriormente levava-se até 7 dias, dependendo da alçada, ou seja, redução de até 72% do tempo gasto com essa solicitação.No processo de solicitação de desligamento de cooperados, também houve redução de impressões. Anteriormente, eram impressos cerca de 60 entrevistas de desligamento por mês e, após a automatização do processo, houve redução de 100% dessas impressões.O número de solicitações de desligamento também foi reduzido, em média são 60 solicitações/mês, a taxa de conversão, revertendo o pedido de desligamento subiu, atualmente a cooperativa consegue reter de 25% a 35% de seus sócios que pediram desligamento.
Benefícios

Com praticamente um ano de uso da plataforma e processos estabilizados, verificamos que os objetivos iniciais foram alcançados e observa-se os seguintes benefícios:

1. Redução de tempo O grande ganho percebido pelos sócios atualmente é o ganho em redução de tempo, existe uma agilidade maior no desempenho e execução de todos os processos que estão no BPMS.
2. Rastreabilidade Com a ferramenta de BPMS os gestores da cooperativa tem acesso fácil aos controles de produção da equipe.
3. Controle de informações o efetivo controle de informações, as áreas contidas nos fluxos não perdem mais tempo procurando documentos (redução de tempo e retrabalho).
4. Redução de impressões menos impressões na maioria dos processos (redução de custo e impacto ambiental).

Pontos de atenção

Na implementação do sistema, foi utilizada a metodologia Ágil, apresentada pela Lecom. Este método consiste em fazer pequenas entregas, porém contínuas, com ênfase na entrega de valor e de acordo com os objetivos do negócio. Desta forma, logo no início do projeto já foi possível colher resultados e verificar melhorias com pouco tempo de projeto.
Um ponto de aprendizagem interessante é a questão do desenvolvimento dos funcionários para a cultura de processos e BPM. É muito importante toda a cooperativa aceitar, entender e utilizar o BPMS a seu favor, gerando melhorias para a cooperativa
A cooperativa entende que o foco deve ser em aprendizagem, quer que seus funcionários vejam a cooperativa como um todo e não apenas o departamento. Com isso, trabalhar para que os processos estejam mais maduros, contribuindo não só para a sua área, mas para toda a cooperativa.



Converse com a nossa equipe. Use o chat para saber mais sobre a nossa Metodologia Ágil.

Alguns de nossos clientes

  • BMW
  • HONDA
  • Araymond
  • Unimed
  • Melitta
  • Marilan
  • i.CISMEP
  • Prefeitura de Santos
  • Prefeitura de Bauru
  • Magazine Luiza
  • Penalty
  • TEKA
  • AmstedMaxion
  • HellermanTyton
  • ThyssenKrupp
  • Yusen Logistics
  • TRW
  • invepar
  • Day Brasil
  • Helibras
  • Timac Agro
  • ASICS
  • CEAGESP
  • iss

Acelere a transformação digital do seu negócio!