Machine learning: aprendendo com máquinas que aprendem

O conceito de machine learning (aprendizado de máquina, na livre tradução) sempre evoluiu ao longo dos anos, junto com a tecnologia. Mas apenas recentemente seu potencial e benefícios começaram a ser realmente compreendidos, aplicados e disseminados.

Assim, o fascínio e o entusiasmo por machine learning aumentaram significativamente. Já podemos verificar alguns dos seus benefícios bem próximo de nós. Como por exemplo, em aplicativos, em automóveis, no desenvolvimento de novas aplicações, entre outros.

O machine learning é uma das abordagens para a criação de inteligências artificiais. Mas com um uso muito mais direto, focado e prático para empresas de todos os setores. É a maneira mais básica de usar algoritmos para a coleta e interpretação de dados, de acordo com as regras definidas pelo profissional e a execução de tarefas adequadas para cada situação.
Portanto, trata-se de uma forma de ensinar a máquina a aprender. Ela busca padrões nos hábitos e ações do cliente e retorna para ele a melhor decisão baseada em seu perfil.

Vantagens do machine learning

A maior vantagem de se aplicar machine learning é a automação de processos, capaz de substituir humanos em tarefas rotineiras, para que possam desempenhar atividades mais estratégicas nas empresas. Outro ganho proporcionado é que essas tarefas com os robôs se tornam muito mais ágeis e com baixas taxas de erros.

Em uma reportagem do IT Forum 365, o head de Tecnologia e Engenharia do Google disse que machine learning está no cerne da criação do Google. Ele destaca que saber como usar seus recursos para melhorar a qualidade de serviços “é o pulo do gato das empresas”. Além disso, estima que nos próximos cinco anos machine learning não vai ser mais um diferencial e sim um recurso obrigatório.

Cerca de 15% de todo e-mail enviado pelo Gmail, ele afirmou, é por resposta automática. Realizada por machine learning, que consegue respondê-los apoiado em análises.

Não há dúvidas de que os sistemas que usam técnicas de machine learning apresentam grande potencial para o mercado. Afinal, com soluções mais inteligentes, as empresas podem gerar mais vendas, otimizar sua cadeia operacional e reduzir custos com precisão.

Uma companhia que atua no segmento de desenvolvimento de software, por exemplo, pode adotar machine learning para otimizar a experiência do usuário em suas aplicações e a produtividade.

Machine Learning

Marchine leaning na prática

Em planejamento de rotinas na área de Marketing, a tecnologia pode sugerir variáveis a serem usadas na criação de campanhas, cruzando informações sobre público-alvo, dados históricos e metas de negócio.

Na comunicação, seus recursos são capazes de avaliar posts produtos ou marca nas redes sociais, identificando necessidades e preferências do consumidor ou mesmo a aceitação de um serviço.

Saiba tudo sobre BPM

Assine nossa lista para receber grátis as atualizações do blog e acompanhar as novidades da transformação digital no Mundo!

Revolução nos setores

As capacidades de interpretação e reação do machine learning estão revolucionando as empresas de dentro para fora. A mudança começa na transformação digital. Com novas práticas e tecnologias aliadas à produção no seu trabalho, até a entrega para o cliente. Observe a seguir alguns exemplos de uso da tecnologia que estão mudando os rumos do mercado.

Varejo – o setor de varejo é movido a previsões de comportamento e definições de estratégias no longo prazo. O machine learning vem facilitando esse trabalho, aproveitando-se da quantidade de informações levantadas no e-commerce para tornar campanhas de marketing e fidelização mais previsíveis e eficientes.

Financeiro –  é uma das primeiras áreas a abraçar o machine learning. Afinal, a economia se baseia quase que toda em estatística e probabilidades. Nesse setor, o uso de máquinas para identificar oportunidades e aplicações e investimentos será a grande revolução econômica que mudará toda a dinâmica de bolsas de valores e outras instituições financeiras.

Educação – o machine learning é capaz de criar modelos de aprendizado mais eficientes. Através de exercícios, conteúdos e testes personalizados para o perfil de cada pessoa. Na medida em que esse tipo de oportunidade fica claro para as empresas do ramo, o mercado para o profissional especializado crescerá exponencialmente.

O futuro digital com machine learning

Machine learning não chegou como um tsunami, de surpresa, e devastador no mercado. Mas está se espalhando em ritmo estratégico, contaminando cada vez mais modelos de negócio em variados segmentos. Para desfrutar com excelência de todos os seus recursos e identificar o imenso universo de possibilidades, é preciso ter um time de profissionais com capacitação. E, acima de tudo, sensibilidade para trazer inovação. É o que temos aqui, na Lecom.

Gostou do nosso conteúdo? Em breve teremos mais sobre sobre Machine learning, fique de olho em nosso Blog e acompanhe! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *