Gerenciar projetos pode ser simples

Os posts do Lecom em Ação têm como objetivo mostrar um pouco da realidade da Lecom seja sobre nossas soluções, rotina, funcionários ou clientes. Hoje abordamos algo muito comum a diversas empresas, o gerenciamento de projetos, inclusive já tivemos outros posts no Lecom em Ação sobre esse tema e para hoje, elegemos alguns passos para uma boa gestão baseado em um artigo da Microsoft.

Todo e qualquer projeto tem um início e um fim, porém o que acontece nesse meio tempo necessita de um bom acompanhamento, que é a chamada gestão. Mediante isso, seguem algumas dicas:

1. Como primeiro passo para uma boa gestão é necessário escolher uma metodologia, ou seja, qual o caminho o projeto irá percorrer. Esta etapa é de extrema importância para ter maior controle durante todo o processo e mensurar os riscos e possíveis falhas. Aqui na Lecom, por exemplo, temos os coordenadores de projetos que são responsáveis por gerenciar a equipe de desenvolvimento, o andamento do projeto e o relacionamento com os clientes.

2. O segundo passo para o sucesso assertivo é a comunicação. O gestor e a equipe precisam estar alinhados com o andamento do projeto, e o cliente precisa estar informado sobre o que está acontecendo. Uma boa comunicação com a equipe evita desgastes, retrabalho, falhas e atrasos. E ainda pode mantê-los motivados.

3. Definir e detalhar todas as etapas do projeto é necessário para mensurar a quantidade de pessoas na equipe, horas de trabalho em cada fase, prazos de entrega, riscos e saber o que deve ser feito para atender a necessidade do cliente. Elaborar o cronograma junto com a equipe facilita a gestão e a comunicação, evita atrasos e ajuda no cumprimento do escopo.

4. Todo projeto tem riscos e com o escopo definido é possível já prever a solução para possíveis problemas. Os riscos que estão embutidos nas tarefas são os que se devem gerenciar mais de perto, de forma mais pró-ativa e sempre deixar a equipe atenta ao que pode acontecer.

5. Documentar o projeto é uma forma de avaliar a entrega feita e consequentemente, reutilizar as melhores práticas e aprender com os erros. O segredo é envolver a equipe, ser flexível e um bom comunicador. O gestor é o ponto focal das informações, nele é que elas se convergem e é ele que depois deverá processar e divulgar para todo o restante da equipe.

Referências: Os 7 passos do gerenciamento de projetos (Microsoft Developer Network)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.