Como Cooperativas de Crédito se Prepararam Para Expansão Pós Era Digital

A era digital trouxe muitos desafios para as cooperativas, neste contexto, processos analógicos já não eram mais sustentáveis. Assim, a tecnologia se mostrou como uma peça importante para conquistar novos cooperados. Por meio dela, é possível oferecer mais modernidade, eficiência, praticidade e fortalecer a relação do cooperado com a cooperativa.

Entenda melhor como as cooperativas saíram da zona de conforto para se preparar para a era pós digital. Confira estas histórias incríveis premiadas internacionalmente!

Sicoob Credicitrus

A Sicoob Credicitrus é uma cooperativa de crédito fundada em 1983 que no começo só atendia produtores rurais. Depois da autorização do Banco Central em 2014, ela passou a oferecer serviços também para pessoas físicas e jurídicas, sendo agora a maior cooperativa brasileira com mais de 105 cooperados.

Quando a Sicoob passou a oferecer produtos para outros setores, ela começou a buscar alternativas para oferecer um atendimento ágil. Em 2018, os processos ainda eram bastante focados na área de T.I e o negócio pouco escalável.

Mesmo depois de mapear os processos e adotar a metodologia BPM, ela ainda não trazia os resultados esperados, pois faltava uma ferramenta que fizesse isso. Porém, essa realidade mudou quando a cooperativa implementou uma plataforma de automação de processos. .

Como resultado, a cooperativa conseguiu diminuir de 30 para 12 dias o tempo para responder o associado, eliminou cerca de 4.700 mensagens por e-mail, reduziu em 30 minutos o tempo gasto diariamente com atualização de planilhas, padronizou o fluxo e economizou 148 dias úteis de trabalho.

Sicoob Coopercredi

A Sicoob Coopercredi é uma cooperativa de crédito mútuo de São Paulo, fundada em 1995. O objetivo dessa associação é que os cooperados economizem e tenham empréstimos mais vantajosos.

Em 2016, ela já tinha incorporado outras duas cooperativas, fazendo com que crescesse ainda mais. Foi nesse ano que a Sicoob Coopercredi começou a mapear os processos para entender as operações na prática.

Ao final dessa análise, os colaboradores começaram a ter padrões para serem seguidos. Mas isso apenas não foi suficiente. Então, a cooperativa começou a utilizar uma plataforma de automação de processos para continuar as melhorias dos processos.

Por causa da automatização, a organização hoje garante mais qualidade na inserção de dados e confiabilidade no processo. A redução de custos também foi notável, já que em apenas dois meses foi possível economizar 50% de impressões.

O atendimento também foi facilitado. Atualmente, a solicitação de cartão de crédito e a portabilidade de salário são feitas de forma on-line, assim como outros serviços.

Avanço na era digital

A automação de processos é muito importante para que as cooperativas possam escalar no mercado, ao mesmo tempo em que se aliam aos avanços da era digital. Assim, essas organizações podem melhorar processos, diminuir gaps, aumentar a sua eficiência operacional e proporcionar experiências mais satisfatórias para os seus associados.

Quer saber mais sobre a transformação digital no mercado de cooperativas, acesse o nosso infográfico e continue acompanhando o blog da Lecom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.