Lecom ministra Oficina de Métodos Ágeis na UNESP

Mais uma participação dos colaboradores da Lecom em eventos acadêmicos, e é sempre gratificante compartilhar com os internautas os resultados dessa presença. Entre os dias 15 e 17 de setembro, a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) realizou a 11º Jornada de Informática no Campus de Bauru-SP. Entre os temas abordados no evento, estavam “Biometria, Jogos, Dispositivos Móveis, Linux, Mercado de Trabalho, Usabilidade e Métodos Ágeis.

Nosso colega, Raphael Albino, coordenador de projetos de Comunicação e Design, ministrou a segunda edição do Laboratório de Métodos Ágeis, juntamente com Leonardo Fortunado. Ele comentou que seu primeiro contato com a Lecom foi feito através de outra edição do evento, que tem o objetivo de trazer profissionais do mercado para compartilhar experiências sobre o dia-a-dia corporativo. Em 2007, Raphael fez parte da equipe que organizou o evento; neste ano, ele decidiu dividir com os participantes um conceito de metodologia de gestão de projetos um pouco diferente do que os alunos estão acostumados. Trata-se do método SCRUM, que aglutina as etapas de planejamento, desenvolvimento e homologação de projetos em pequenas fases.

De acordo com Raphael, essa metodologia, enxuta e dinâmica, ajuda a acabar com alguns mitos na área de programação, como o distanciamento do cliente – nesta metodologia, o cliente está presente em todas as etapas do projeto. O laboratório foi dividido em 2 dias: na primeira etapa, a metodologia SCRUM foi apresentada, e os profissionais compartilharam experiências sobre a rotina de um gerente de projetos. No segundo dia, foi realizado um jogo para simular a criação de um sistema para a biblioteca da UNESP, concentrando as experiências práticas das atividades. Nos dois anos do laboratório de Métodos Ágeis, a receptividade foi muito boa, e a procura por esse assunto tem se tornado cada vez maior.

Em 2010, foram abertas 20 vagas para a oficina, e estas se esgotaram no primeiro dia. Veja como Raphael resumiu sua participação na Jornada de Informática: “Neste evento tive a oportunidade de transferir um pouco de conhecimento de mercado para os alunos dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, afinal, acredito muito no complemento existente no conhecimento que o ambiente profissional pode trazer para o contexto acadêmico. Analiso que os dois dias do laboratório foram importantes para que os alunos aprendessem um pouco sobre Métodos Ágeis e a realidade do dia-a-dia no desenvolvimento de um projeto. Os feedbacks foram positivos e espero ter a oportunidade de ministrar outro laboratório como esse no ano que vem.” Raphael também foi convidado para participar da semana de tecnologia da FGP de Pederneiras.

Em breve, você também poderá acompanhar a cobertura dessa participação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.