A história do Dia do Programador

Você conhece a história do Dia do Programador? Criado, na Rússia, esta data comemorativa que homenageia os profissionais da área cai sempre no 256º dia do ano. A explicação para isso é que a data está relacionada ao número 256, que compõe o número de valores distintos que podem ser representados com um byte de oito bits.

Além disso, 256 em hexadecimal é ’100′, além de ser a maior potência de 2 (28) que cabe dentro dos 365 dias do ano. Neste ano, será comemorado em 13 de setembro (já que em anos bissextos é realizado no dia 12 de setembro). A data passou a entrar no calendário russo devido a Valentin Balt, funcionário da empresa de Web Design Parallel Technologies.

Balt, em 2002, reuniu assinaturas para solicitar ao governo do seu país que reconhecesse a data como o Dia do Programador. Contudo, somente em 2009 a data foi oficializada pelo então presidente Dmitry Medvedev, ou seja, na Rússia, o 256º dia do ano é feriado oficial para a categoria.

Apesar de no Brasil a data não ser feriado, a profissão está em alta no mercado. As principais áreas de atuação se destacam no desenvolvimento de softwares, de aplicativos móveis e no setor de Web Design.

Dados de pesquisas recentes apontam que a TI é a área que mais tem gerado empregos no Brasil, segundo o relatório RADAR – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, publicado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

De cada 100 novos postos de trabalho para profissionais de nível superior abertos entre 2009 e 2012 no Brasil, 16 foram para profissionais de TI, o que equivale a 49 mil empregos formais.

Nós da Lecom, desejamos um feliz Dia do Programador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.