Descubra Como Melhorar a Experiência do Associado em Cooperativas de Crédito com Processos Digitais

Hoje, as cooperativas de crédito enfrentam uma série de desafios por conta do atual cenário que vivemos, causado pelas mudanças da era pós-digital. Para manterem-se competitivas e serem capazes de enfrentar o mercado, será preciso implementar uma série de mudanças, e uma delas está diretamente relacionada à experiência do associado. 

As inovações tecnológicas são os principais pilares para as cooperativas que estão em busca de encontrar uma maneira de otimizar a experiência do cooperado. Ao longo deste artigo você vai entender melhor o que as instituições poderão ganhar com isso e como a estratégia pode afetar a sua competitividade. Confira abaixo e aprenda mais sobre o tema!

Quais os atuais problemas com a experiência do associado?

Hoje, grande parte da cooperativas está estagnada no modelo de funcionamento tradicional que já não atende mais às expectativas e necessidades dos cooperados. Falta agilidade nos processos, sistemas de gestão assertivos e estruturas de apoio eficientes. 

Para manterem-se competitivas e estarem prontas para realmente enfrentar o mercado, é preciso desenvolver essas três frentes. Todas elas são um reflexo do fato de que as cooperativas de crédito ainda não conseguiram se adaptar à era digital, deixando de lado o investimento em inovações tecnológicas, por exemplo. 

Como consequência, o cooperado se torna insatisfeito com o sistema utilizado, o que os leva até a deixar as cooperativas. Melhorar a experiência do associado é, portanto, um desafio que precisa ser superado para que as organizações possam escalar no mercado.  

Solucionando desafios por meio de processos digitais

Para solucionar os problemas relacionados à experiência do associado, as cooperativas de crédito no Brasil deverão voltar seus esforços para rever os modelos operacionais atuais, investindo em inovações tecnológicas e implementando processos digitais

A transformação digital é primordial e consiste, basicamente, em usar a tecnologia para melhorar a vida das pessoas. Os processos digitais são o ponto de partida para que a transformação digital realmente aconteça. 

É possível transformar processos analógicos em digitais, e a Lecom pode oferecer exatamente isso para as cooperativas de crédito. Utilizando o método ágil, a plataforma entrega processos divididos em fases, fazendo entregas contínuas de valor. 

A Sicoob Coopercredi, por exemplo, é uma cooperativa de crédito que foi fundada no ano de 1995. Com o passar dos anos, foi incorporando outras cooperativas ao seu negócio, crescendo cada dia mais rápido. 

A partir daí, notaram que seria preciso realizar melhorias nos processos e implementaram uma plataforma para isso. Por conta disso, hoje há maior confiabilidade nos processos, redução de custos e qualidade na inserção de dados. 

Dessa forma, a experiência do cooperado pode ser otimizada, o que é essencial para  impulsionar a organização no mercado. 

Se interessou e quer conhecer mais sobre as possibilidades? Confira a página plataforma Lecom e aprenda tudo sobre ela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.