Como está a Governança de TI na sua organização?

Christine Cox postou no blog da APQC (organização sem fins lucrativos e uma das principais defensoras do mundo de aferição de negócios, melhores práticas e investigação de gestão do conhecimento), um interessante artigo sobre Governança de TI.

A governança de uma organização diz respeito a papéis, responsabilidades de supervisão, patrocínios, e estruturas de gestão. Quando uma organização tem a governança de TI centralizada, significa que um único grupo é responsável pelas responsabilidades e recursos humanos. Então, esse grupo fornece a disciplina como um serviço para toda a empresa. Em suma, você tem um grupo central encarregado de trazer o martelo para baixo na escala de força.

Medidor de Força da Governança de TI

Governança de TI

De acordo com avaliação da APQC “2015 Colocando o PCF em Ação: relatório de síntese de Organizações Industriais”, a maioria das organizações responderam não ou fraca governança. A governança centralizada apenas cerca de 1/3 do relatório apresentou moderada ou forte governança. Então, o que significa se você não pode chegar ao topo do ‘Medidor de Força’ e tocar a campainha?

Quanto mais fraca a governança, menor a maturidade da organização.

A maturidade de uma organização depende da sua capacidade para tomar decisões informadas. Organizações crescem em maturidade, concentrando-se nas medidas de processo, análise de processos e avaliação de maturidade. Se uma organização deseja ter uma visão clara do futuro, as metas de maturidade podem ajudá-la. A maturidade de uma organização é um aspecto importante de sua longevidade e sucesso. Mas sem uma forte governança de TI, a maturidade nunca vai crescer.

Saiba tudo sobre BPM

Assine nossa lista para receber grátis as atualizações do blog e acompanhar as novidades da transformação digital no Mundo!

Se você é uma organização sem ou com fraca governação, o que significa estar em um nível de maturidade baixo?

De acordo com a análise do estudo da APQC, as organizações com fraca governação estão no nível ‘inicial’ ou no nível ‘gestão’ de maturidade (de acordo com o ‘Medidor de Força’). Isso significa que existem alguns processos organizados e mais sucesso irá depender de mais funcionários hábeis, ao invés de processos padronizados. Isso pode ser uma grande aposta para uma organização que experimenta alta rotatividade.

Se o ‘Medidor de Força’ mostra a sua força de governança organizacional moderada, você está no seu caminho!

Organizações moderadamente regidas têm definido e quantitativamente a gestão dos níveis de maturidade. Isto significa que a maioria dos processos são organizados, definidos, compreendidos e documentados através de procedimentos, ferramentas e métodos. As medidas de desempenho estão em vigor e os processos são previsíveis e controlados.

Para 11% das organizações na pesquisa que relataram uma forte governança, muito bem! Todas essas organizações relataram um nível de maturidade otimizado, o que significa que os processos são continuamente melhorados, os objetivos quantitativos de melhoria de processos são estabelecidos e utilizados. Melhorias e objetivos são executados por uma poderosa força de trabalho.

A grande questão é… Como você pode chegar ao topo e atingir a maturidade otimizada?

Os resultados da pesquisa e investigação APQC mostram que todas as organizações com recursos centralizados de gestão de processos podem alcançar níveis mais altos de maturidade. Parte de como elas conseguirem isso é através de:

  • Benchmarking
  • Melhoria de processos, e
  • Adoção e utilização do PCF por longos períodos de tempo.

Além disso, as organizações de melhores práticas centralizam recursos de gerenciamento de processo para o efeito máximo e elas investem na gestão da mudança. Organizações maduras dependem de uma forte governança e comprometem-se a adoção generalizada de capacidades de gerenciamento de processo.

Se a sua organização coloca objetivos estratégicos de maturidade como prioridade e se concentra na governação centralizada, isso pode aumentar sua maturidade. Consequentemente, conquistar o topo do ‘Medidor da Força’.

Agora que já sabe como e porquê é importante fazer a medição da força da governança de TI conta para gente como está na sua organização. Deixe nos comentários!

Aproveite também para se inscrever em nosso canal do Youtube e ficar por dentro das novidades!

Fonte: https://goo.gl/Y1yqP9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.