3 Exemplos de Mapeamento de Processos Que Você Precisa Conhecer

Conhecer bem os fluxos de trabalho e atividades da sua empresa pode ajudar a evitar gargalos e garantir mais produtividade para todos. Já existem diversos exemplos de mapeamento de processos feitos por empresas que mudaram o mindset, melhorando o desempenho da organização.

Saiba como alguns clientes da Lecom conquistaram essa maturidade e quais resultados obtiveram com as mudanças!

1. HellermannTyton

Antes do mapeamento e automação de processos, HellermanTyton não conseguia controlar o intenso volume de documentos e informações que possuía. Por esse motivo, os profissionais tinham dificuldades para encontrar o que procuravam de maneira simples e segura.

A HellermanTyton, então, percebeu que precisava fazer o mapeamento de processos, definindo uma atribuição específica para cada área e respeitando a comunicação entre os setores. Isso só pôde ser feito depois da implementação da plataforma BPMS da Lecom.

Por meio dessa tecnologia, a organização, enfim, conseguiu padronizar processos, acompanhar de maneira efetiva as informações importantes, fazer a integração do banco de dados e muito mais.

2. Nutrisaúde

Antes de se tornar um dos mais importantes exemplos de mapeamento de processos, a Nutrisaúde utilizava planilhas e controles manuais de gestão. Isso fazia com que o controle de documentos fosse algo burocrático e complicado, tudo o que a organização não desejava.

Depois de mudar cultura organizacional e adotar a metodologia BPM, a Nutrisaúde conseguiu mapear os processos e automatizar sete deles. Consequentemente, a empresa reduziu custos, aumentou a segurança das informações e integrou etapas com outros departamentos, trazendo agilidade para todos.

3. Fahz

Antes de ter um processo bem definido, a área jurídica da Fahz tinha dificuldades para conferir todos os documentos, e garantir que estivessem de acordo com as leis. Pensando nessa questão, a empresa passou a mapear os processos que ocorriam.

Porém, apenas estudar o funcionamento interno da organização não se mostrou suficiente. Para fazer as mudanças necessárias, a Fahz precisou contratar uma ferramenta, capaz de garantir o valor da automação logo no começo e contribuir para o aculturamento de todos.

Com a implementação da plataforma Lecom, a empresa conseguiu ter menos retrabalho na área jurídica, entregar maior valor para cliente, antecipar algumas ações por terem informações confiáveis, etc. Assim, ela se tornou um dos principais exemplos de mapeamento de processos para outras organizações

Inspire-se em exemplos de mapeamento de processos

Percebeu como o mapeamento de processos é muito importante para os negócios? Depois dessa fase, as empresas podem automatizar algumas atividades e entender melhor sobre o próprio funcionamento interno.

Confira outros conteúdos sobre essa temática e as vantagens de contar com uma plataforma BPMS no blog da Lecom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.