Saiba a Relação Entre BPM e a Obtenção de Indicadores de Performance

A metodologia BPM permite que você obtenha indicadores de performance, de acordo com as necessidades do seu negócio. São eles que possibilitam observar o que está garantindo resultado e o que pode ser melhorado.

Para que os indicadores de performance sejam realmente as peças-chave da organização, é necessário conhecê-los bem antes de mensurar. Avaliar apenas números absolutos pode não ser a melhor estratégia. Entenda mais sobre isso!

Tipos de indicadores de performance no BPM

Por meio do BPM, os gestores podem coletar informações para gerar alguns tipos de KPIs (indicadores de desempenho) e monitorá-los. Confira os principais:

Qualidade

Esse indicador serve para detectar o número de trabalho entregue fora do padrão. Isso é obtido a partir do número total de produções com relação àquelas que não atendem às expectativas.

Produtividade

O indicador de produtividade se refere as entregas de produtos e serviços dentro de determinado tempo. Porém, esse dado deve ser acompanhado em conjunto com o KPI de qualidade. Afinal, o objetivo da empresa deve ser atender às necessidades dos clientes e não apenas produzir em grande volume.

Capacidade

No indicador de capacidade, os gestores podem obter informações importantes sobre o quanto podem produzir no tempo que dispõem. Isso pode ajudar a verificar se é necessário contratar mais profissionais.

Diferentemente da produtividade, que é atrelada às entregas da equipe, a capacidade está associada ao quanto a empresa pode entregar. Pode ser que a organização consiga atender pelo menos 100 clientes por mês, mas esteja recebendo, na média, 90.

A partir do conhecimento do indicador de capacidade, a organização pode projetar cenários futuros e saber se está apta a expandir o negócio, por exemplo.

Finalidade dos indicadores de performance

Ao criar indicadores de performance inteligentes com o auxílio do BPM, as empresas conseguem ter uma visão ampla de todo o negócio e podem aprimorar as estratégias. Além disso, esses dados ajudam a pensar nas necessidades dos públicos interno e externo.

Mapear e redesenhar processos, sem acompanhá-los, pode ser insuficiente para saber se as mudanças são eficientes. Portanto, é fundamental investir também nos indicadores para saber como está acontecendo a execução do trabalho.

O BPMS (Business Process Management Suite), ferramenta que ajuda a aplicar o BPM, ajuda nisso. Ele torna o monitoramento e controle dos indicadores mais acessíveis e assertivos.

Quer saber mais sobre os benefícios do BPM para a sua gestão empresarial? Continue acompanhando os conteúdos do blog da Lecom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.