Modelagem de Processos é importante para os negócios?

Todo negócio precisa, periodicamente, repensar seus processos para melhorar a gestão deles, e uma das maneiras de fazer isso é utilizar recursos de modelagem. 

Você conhece esse conceito? Sabe como ele pode ajudar a sua empresa? Leia o artigo abaixo e comece a entender mais!

 

Modelagem de processos e o BPM

Para explicar sobre a modelagem de processos, o ideal é começar falando a respeito do gerenciamento deles: BPM (Business Process Management). Essa é uma disciplina de administração muito difundida no contexto organizacional atual. Sua proposta é otimizar os recursos e trazer resultados positivos para as empresas por meio de uma gestão detalhada de processos.

É nesse contexto que está inserida a modelagem de processos, que permite a identificação de cada atividade e de seus desdobramentos envolvidos nos fluxos da empresa. Assim, ao executá-la, é possível ter a visão dos autores dos processos, das atividades, tarefas, subprocessos e também de toda a conexão com os fluxos dentro da entrega de valor de seu negócio.

Com isso, você terá mais controle de etapas que podem estar atrasadas, gargalos e até mesmo daqueles processos que realmente não trazem valor, e podem ser retirados ou alterados a fim de ampliar a influência positiva na entrega final.

BPMN na modelagem de processos

André Farina, arquiteto de soluções, comenta sobre a notação BPMN, a mais utilizada na Modelagem de Processos:

“A notação BPMN (business process model notation), que atualmente encontra-se na versão 2.0, é mantida pela OMG, uma organização sem fins lucrativos que sustenta uma série de padrões usados no setor industrial. O propósito do BPMN é facilitar a criação de um diagrama que ilustra o funcionamento de um determinado processo de negócio. Portanto, esse diagrama deve ser de fácil entendimento tanto por pessoas técnicas como por não técnicas”.

Ferramentas de modelagem de processos

Farina demonstra como a filosofia BPM vem auxiliando empresas a alcançarem novos patamares em excelência operacional. Nesse aspecto, as ferramentas de modelagem de processos assumem protagonismo pois permitem uma gestão mais eficiente, como aponta Farina:

“Essas ferramentas desempenham um importante papel dentro da disciplina BPM, uma vez que proporcionam facilidade no mapeamento dos processos de negócio por meio da criação de diagramas. Assim, uma vez mapeados, os processos podem ser melhor compreendidos, compartilhados, revisados, redefinidos e até mesmo monitorados.”

Veja em nosso Webinar “Superando os desafios do primeiro projeto de automação”, com Eduardo Britto, diretor da iProcess com 18 anos de experiência em gestão por processos, como o sucesso do primeiro projeto de automação de uma organização depende de inúmeros fatores, inclusive da modelagem.

Temos uma ferramenta intuitiva e simples de usar na modelagem de processos. Conheça a nossa Plataforma e descubra como podemos auxiliar o seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.