Exemplos de Automação – 3 Aplicações do RPA

Existem diversos exemplos de automação por meio do Robotic Process Automation (RPA), já que ele é uma das maneiras mais eficientes de terceirizar algumas atividades comuns e repetitivas das empresas. A ideia é substituir a força de trabalho humana e realocá-la em áreas mais necessárias e eficientes para a entrega de valor da empresa.

Neste artigo, falaremos sobre algumas aplicações possíveis do RPA no fluxo de trabalho das empresas e explicaremos suas vantagens. Confira!

Exemplos de automação com RPA: porque utilizar?

Implementar ferramentas de RPA em seu workflow pode trazer muitas vantagens, mas para que você possa aproveitar ao máximo essas possibilidades oferecidas, o ideal é conhecer alguns exemplos de automação, para avaliar e verificar quais são os melhores para o atual momento de sua empresa. Confira:

1. Monitoramento de tarefas

O monitoramento de tarefas é um bom auxílio para compreender melhor os processos de uma empresa, e pode ser feito por um RPA com capacidade cognitiva. Ele não só irá monitorar o tempo e as especificações de cada tarefa, mas também verificará se há algo que sai do esperado, permitindo um controle preciso dos fluxos de trabalho.

Integrar essa ferramenta a um BPMN oferece uma solução efetiva para lidar com os processos organizacionais, já que será mais simples transformar as orientações do RPA em algo realmente palpável para pensar em possíveis redesenhos e mudanças nos processos.

2. Atendimento ao cliente

Os RPAs, hoje, têm o potencial de reproduzir a forma humana de se comunicar, como é o caso dos chatbots. Entre os exemplos de automação, esse provavelmente é um dos mais conhecidos, e permite que um cliente com dúvidas simples possa ser atendido automaticamente. Assim, o atendimento humano será necessário apenas para questões mais complexas

Isso oferece não só mais agilidade no atendimento, mas também amplia a abrangência de atendimento tanto em horário quanto em formas de contato, evitando os problemas comuns de uma operação básica de SAC.

3. Setor de RH

O setor de Recursos Humanos é a área da empresa que mais lida com processos repetitivos, na maioria das vezes. São diversos documentos, procedimentos específicos de contratação, reembolsos, promoções, entrevistas e muitos outros. Dessa maneira, apostar em um RPA para automatizar ao menos parte disso pode melhorar muito a eficiência operacional do setor..

Terá, assim, um bom ganho no tempo das atividades e, claro, na organização delas. Além disso, por meio de ferramentas de automação de processos é possível integrar tudo com os outros departamentos, permitindo um fluxo muito mais efetivo de comunicação interna entre setores.

Gostou dos exemplos de automação que selecionamos? Confira as soluções da Lecom e veja como aplicá-los à sua organização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.